A CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal afirma-se como organização socioprofissional agrícola e agrupa cerca de 250 organizações de todo o país, as quais se traduzem em Federações, Adegas, Associações Regionais, correspondentes às principais zonas agrícolas de Portugal, Associações Especializadas por setor técnico e cooperativas.

Defender os interesses da agricultura portuguesa no País e no estrangeiro, salvaguardando sempre a componente económica da atividade são os objetivos da Confederação dos Agricultores de Portugal, na defesa de uma vida digna e de qualidade para todos os agricultores que desejam continuar a sua atividade.

A CAP tem nos últimos quinze anos, e sobretudo desde a Adesão à União Europeia (1986), assumido a representação de Portugal junto da Comissão Europeia em Bruxelas, onde instalou uma delegação permanente, e a participação em todos os Comités Agrícolas e no Conselho Económico e Social.

Como representante do associativismo socioprofissional agrícola, a CAP tem o estatuto de Parceiro Social no Conselho Económico e Social – Comissão Permanente de Concertação Social, órgãos próprios de debate e análise entre Governo, Sindicatos e Entidades Patronais das mais importantes decisões em política económica e social.

Eduardo Oliveira e Sousa
Presidente da Confederação
dos Agricultores de Portugal

Engenheiro agrónomo e empresário agrícola, Eduardo Oliveira e Sousa, 63 anos, é licenciado pelo Instituto Superior de Agronomia.

Foi diretor agrícola da Estação Zootécnica Nacional entre 1979 e 1983; diretor executivo da Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Sorraia, de 1983 a 2013; professor assistente na Escola Superior Agrária de Santarém entre 1981 a 1984; diretor agrícola da Sucral entre 1986 e 1989 e vogal do Conselho Nacional da Água, entre 1996 e 2007.

Foi ainda presidente da direção da Associação Nacional de Proprietários Rurais, Gestão Cinegética e Biodiversidade de 1994 a 2014 e secretário da assembleia geral do CPM – Clube Português de Monteiros / Associação Nacional de Caça Maior.

É diretor honorário da Euro-Mediterranean Irrigators Community e fundador da Associação dos Produtores Florestais de Coruche e Limítrofes.